14 março 2018

Como planejar um intercâmbio do zero!



Estava ansiosa para fazer essa postagem. Imagino, que assim como eu, muitos leitores já sonharam alguma vez com fazer um intercâmbio: Conhecer um país novo, aprender uma nova língua e crescer com uma nova cultura. Mas, nem sempre é fácil dar o ponta pé inicial para uma nova aventura, mas nesse post eu vou te ajudar a sair daqui já com um intercâmbio planejado!


1- Escolher o programa! 

Se você começar a pesquisar sobre intercâmbio, vai perceber que existem milhões de formas de fazer essa viagem. Então, o primeiro passo que você deve cumprir é escolher qual é o programa que você quer fazer:

 - Curso de Idiomas: Esse é o mais comum! Nele, sua viagem será centrada no aprendizado de um novo idioma, através de aulas e de conversas com a população nativa. Esse programa é o mais versátil, onde você tem a liberdade de escolher a duração, a hospedagem e muito mais. 

- High School : Esse é para você ter uma experiência digna de High School Musical ( ou Glee - bem mais provável). Esse programa é um pouco mais restrito, pois nele você obrigatoriamente precisa estar cursando o Ensino Médio. Além disso, você precisa averiguar como será para regularizar esse semestre cursado no exterior aqui no Brasil, principalmente se for do Segundo Ano para frente, por conta do Vestibular.

- Voluntariado : O próximo que eu quero fazer! Nesse intercâmbio, você irá para um país ou área que necessite de algum auxilio, dos mais variados possíveis. Normalmente, você irá arcar somente com sua passagem e gastos pessoais nesse programa. Entretanto, não é qualquer um que está preparado para uma aventura desse porte, estão esteja muito confiante e bem mente aberta! Aproveite!

- AuPair : Eu não conheço muito bem esse programa, mas você encontra muitas informações sobre ele no Youtube. Nesse programa, você irá trabalhar como babá para uma família, na maioria das vezes nos Estados Unidos. Se você optar por esse programa, converse muito com outras meninas que já passaram pela experiência e escolha uma empresa de confiança! Todo cuidado é pouco. 

2 - Escolha sua agência!

Essa parte é bem difícil! Quando eu comecei a ver agências para o meu intercâmbio, tirei um dia somente para visitar o escritório de todas! Sim, todas! 
Para decidir, levei em consideração o preço ( muito importante kkk)e a confiança que senti durante as reuniões! Você precisa ter muita certeza antes de fechar um contrato, afinal, sua viagem está nas mãos deles!
Nesse dia, eu visitei a World Study, a STB, a EI e a CI. Após muito pensar, optei pela CI , que era a que mais conseguiu me proporcionar confiança com um preço mais em conta. Mas, a escolha é só com você, converse bastante e não guarde nenhuma dúvida. O Reclame Aqui é muito bom para te ajudar a não cair em nenhuma agência furada!

3 - Escolha seu destino!

Essa parte é uma delicia! É claro que isso depende da sua escolha de programa, mas vamos dizer que você tenha optado pelo tradicional, o curso de idiomas. 
Primeiro, escolha a língua que você quer se aprofundar ou aprender. No meu caso, eu escolhi o espanhol, o que me deixou um pouco limitada. Eu queria mesmo ir para a Espanha, mas a Europa estava com um preço muito alto para mim, então me prendi aqui na América do Sul. Se você for fazer inglês, tem algumas opções bem interessantes e clássicas. Enquanto isso, Francês e Italiano não possuem muitas opções. 
Segundo, estude muito bem suas opções de destino. O que você quer fazer além do estudo? Que tipo de passeios que você gosta? Está pronta para uma aventura mais radical ou gosta de um centro mais turístico e popular? Isso foi muito importante para minha decisão de optar por Santiago do Chile e te ajudará a decidir o seu. 
Lembre-se de averiguar a quantidade de brasileiro que há nessa cidade, te falo isso por experiência própria! 


Agora é só fechar seu contrato, agilizar os documentos, arrumar a mala e boa sorte! Que seu intercâmbio seja digno de todos os seus sonhos!


09 março 2018

Aproveite a escola, enquanto você ainda está nela.



É engraçado. Você, estudante, deve estar achando que eu sou louca, que eu enlouqueci de vez. Como posso vir até aqui e dizer que eu adoro a escola? Bem agora, que você está em semana de prova e está com vontade de matar aquele seu professor que não arredondou sua nota. Ou talvez, me acha louca por estar dizendo que os melhores anos da sua vida vai ser ao lado daquelas pessoas insuportáveis com quem você é obrigado a dividir a sala.
Se alguém tivesse me dito isso, enquanto eu estava na escola, teria pensado a mesma coisa. Mas, agora, com um diploma na mão, eu vejo o quão certas estavam  as pessoas que me diziam que aquela era a melhor época da minha vida. E eu, infelizmente, não aproveitei o suficiente.
Na escola, você ainda está tão longe do seu futuro, você não tem com o que se preocupar, não pensa na faculdade, no trabalho, naquele estágio que você achou que conseguiria. Você só tem as provas, os professores chatos e a briga com sua melhor amiga, que é esquecida na próxima semana.
Eu sinto falta da certeza. Daquela certeza de que eu ia acordar naquela manhã de segunda feira e encontraria meus amigos, para contar todas as novidades daquele cara maravilhoso que conheci no último verão, em uma viagem para outro estado. Minha amiga iria contar sobre seu sonho da noite anterior, onde se casou com um príncipe de um país que não sabemos pronunciar e iriamos sussurrar sobre a beleza do novo professor. Além de, claro, fofocar sobre a chatice das meninas da primeira fileira.  Meu amigo iria falar sobre os planos para os filmes que produziria quando fosse um famoso diretor de cinema e eu poderia atuar em um deles, enquanto o outro planejava a ascensão na politica - mesmo que da forma mais onírica possível.
Não consigo aceitar o fato de que isso nunca mais irá acontecer.
O que será agora? Por que não aproveitei enquanto eu tive a chance? Por que sempre me atentei apenas nos aspectos negativos?

Então, eu imploro a você, aproveite a escola. Aproveite o carinho dos seus professores, as conversas com seus amigos, os planos impossíveis que vocês faziam juntos. Seja você, ignore os outros, estude, mas se divirta. Faça amigos e os mantenha. Não faça como eu, não tente apagar a escola. Aproveite-a e a guarde em uma espaço de honra em sua mente. Faça memórias. Você não irá se arrepender!

13 fevereiro 2018

Como fazer uma festa na piscina: Meus 18 anos.


Verão! " Vou me refrescar, na areia escaldante me deitar; Um bronzeado lindo pegar, no verão!!!". Se Olaf falou, então tá falado! O verão chegou, e pelo menos aqui no Rio de Janeiro, para sobreviver nessa estação você precisa de pelo menos uma dessas coisas : Ar condicionado, piscina ou praia.
Então, para comemorar meu aniversário de 18 anos, resolvi fazer uma festa na piscina. Bem, se não fosse o único dia do verão escolhido para chover e fazer frio.
Mesmo com a chuva, eu aproveitei cada minuto da minha festa e consegui reunir muitas dicas legais que podem ser aproveitadas na sua festa na piscina ( que eu espero que tenha um belo e quente sol!)

O tema da festa era tropical e foi muito fácil encontrar todas as coisas que eu precisava com o tema. Muito flamingo e muito abacaxi. As cores: Tentei escolher tons quentes, mas me prendi mais no azul e no rosa ( amooo).



Primeiro, vamos começar com esse teto maravilhoso, que está até agora na minha sala de estar. O plano inicial era fazer um arco de bolas por cima da piscina. Com a chuva, nossos planos tiveram que mudar. O que fazer com 200 bolas? Cola tudo no teto e espera um resultado bonito. E cai entre nós, eu amei o resultado. Uma mistura das minhas cores favoritas rendeu fotos nos telefones de todos os convidados. ( Uma outra ideia que eu tive era um quarto de bolas, eu ainda farei isso. Um dia! Grave minhas palavras!)



Falando em bolas, eu encontrei na loja de festas, essas bolas de formatos. O certo era encher de gás hélio, mas como eu moro no fim do mundo, tivemos que improvisar. Como? Um canudo e muita força nos pulmões. Para imitar o efeito do hélio, amarramos um barbante nas bolas e colamos a outra ponta no teto. Vai dizer que não ficou parecido?




Uma outra ideia, era colocar o tema da festa em toda a parte. Para conseguir esse objetivo, encontrei esses palitinhos decorados para colocar em cima dos doces. Foi sucesso total. Você pode encontrar de diversos temas, principalmente de frutas - tinha um monte na loja. Bem baratinho, essa decoração ainda ornamenta a mesa deixando com aquele estilo tumblr que a gente tanto procura. E olha a foto, como ficou uma graça!




Os doces foram um espetáculo a parte. Importados - se você for como eu e dizer que o Rio Grande do Sul não faz parte do Brasil - os doces foram a atração principal de uma festa na piscina sem piscina. Na foto da direita - na frente da luminária de flamingo - com forminhas azuis, está o " Beijo de Alemão", piada pronta para fazer com as amigas. E como eu fiz:
"  - Fulana, come esse doce
   - Muito bom
   - Você gostou de um beijo do alemão? Huum!"
Sim, tenho 18 anos com mente de 10.

Os doces são todos do Rei do Quindim - Pelotas, RS. Se você for dessa cidade linda, precisa conhecer o trabalho deles! ( Não esquece de fazer essa piada e vir me contar depois.)


Além desse doce, tivemos outros maravilhosos, como os de Nutella, que acabaram mais rápido do que meus olhos puderam acompanhar. Quem não ama Nutella, não é?. Quindim de leite condensado - 0 gosto de ovo!- brigadeiro de churros, morango coberto com brigadeiro, Quindim e muitos outros.
Não vamos nem citar o quanto eu engordei. Deixe isso para um próximo post ( que irá ir ao ar no Dia de São Nunca).



Uma coisa que era meu sonho em uma festa na piscina e que eu consegui comprar, era essa suqueira. O plano inicial era colocar Limonada Rosa, mas não encontrei corante. Então, colocamos Limonada Suíça, mas não estava na foto, pois ainda estava ficando pronta quando a fotógrafa aqui resolveu que era o momento de fotografar a festa. Essa suqueira custou 39 reais na Casa & Vídeo. Além disso, comprei esses copos neon nas cores da festa e esses canudos de frutas que todo mundo amou ( e acharam super chique - mesmo que eu não tenha pago nem 5 reais em todos esses).
( E ignorem esse suco na foto, não sei o que ele estava fazendo aí!)




 ( Na foto: Minha tia, minha prima, minha irmã, eu e minha outra irmã).


Essa foi a minha festa de 18 anos! Na piscina, com chuva ( e entramos mesmo assim). As vezes, as coisas não saem como planejado. E está tudo bem!